A guerra da Coreia (1950-1953)

A guerra da Coreia (1950-1953)

Nas conversações entre os Aliados no final da guerra tinha sido acordado que a rendição do Japão seria feita na Coreia, território nipónico desde 1942, perante os Soviéticos na zona norte e perante os Americanos na região sul. Estabeleceu-se o Paralelo 38 como fronteira entre as duas partes. Depois da derrota nipónica, Soviéticos e Americanos ocuparam respetivamente o norte e o sul da Coreia até 1948, altura em que abandonaram a península depois da realização de eleições e da proclamação da República da Coreia do Sul e da República Popular da Coreia do Norte. Posteriormente, os dois Estados envolveram-se em diversas escaramuças ao longo do Paralelo 38 e desencadearam atos de sabotagem no interior de cada uma das regiões. No Verão de 1950, o exército da Coreia do Norte invade de surpresa o território do sul, afirmando tratar-se de uma resposta a um anterior ataque dos sul-coreanos. De imediato, os Estados Unidos enviam forças aéreas e navais em auxílio da Coreia do Sul, enquanto o Conselho de Segurança da ONU apelava aos países membros para tomarem a mesma atitude. O apoio à Coreia do Norte é enviado pela China, nos finais de Outubro. Perante a intervenção chinesa, o general McArthur, comandante supremo das forças das Nações Unidas na Coreia, defende o uso dos recursos necessários para desencadear uma guerra total, incluindo a possibilidade de um ataque às bases de reabastecimento em território chinês. Truman, que preconizava uma política de contenção, pretendia apenas delimitar o conflito e evitar a expansão do bloco comunista, pelo que se opõe à estratégia do seu comandante supremo, acabando por demiti-lo. A guerra foi muito dura para todos os exércitos envolvidos, tendo provocado um elevado número de mortos e muita destruição. O armistício foi finalmente assinado a 27 de julho de 1953 em Pam-mun-jon, tendo-se definido uma zona desmilitarizada ao longo da nova fronteira que separava as duas Coreias.

About these ads
Esta entrada foi publicada em Materiais didáticos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s