Miguel Ângelo

Trabalho realizado pela aluna Ksenia Kvast do 10.º N, com a orientação do prof. José João Sousa, no âmbito da disciplina de História A – Módulo 3 – Unidade 3.

Miguel Ângelo di Lodovico Buonarroti Simoni nasceu na cidade de Caprese, Itália, no dia 6 de Março de 1475. Porém, o artista, que se destacou na pintura, na escultura e na arquitectura do Renascimento, passou parte da sua infância e adolescência na cidade de Florença.

Como grande parte dos pintores e escultores da época, Miguel Ângelo começou a carreira artística como aprendiz de um grande mestre das artes. O seu mestre, que lhe ensinou as técnicas artísticas, foi Domenico Ghirlandaio. Após observar o talento do jovem aprendiz, Ghirlandaio encaminhou-o para a cidade de Florença, para aprender com Lorenzo de Médici. Na escola de Lorenzo de Médici, Miguel Ângelo permaneceu durante 2 anos (1490 a 1492). Em Florença, recebeu influências artísticas de vários pintores, escultores e intelectuais de então, já que a cidade era um grande centro de produção cultural.

Foi viver, em 1492, para a cidade italiana de Bolonha, logo após a morte de Lorenzo. Ficou nesta cidade durante 4 anos, já que em 1496 recebeu um convite do cardeal San Giorgio para viver em Roma. San Giorgio tinha ficado admirado com a escultura em mármore Cupido, que havia comprado ao artista. Nesta época, criou duas importantes obras, com grande influência da cultura greco-romana: Pietá e Baco. Ao voltar para a cidade de Florença, em 1501, cria duas outras obras importantes: a escultura David e a pintura de A Sagrada Família.

David, de Miguel Ângelo, estátua em mármore com 5,17 m, 1501-1504

No ano de 1503, o artista recebeu um novo convite vindo de Roma, do papa Júlio II. Foi convocado para fazer o túmulo papal, obra que nunca terminou, pois constantemente era interrompido pelos outros, inclusive o próprio papa. Entre os anos de 1508 e 1512 pintou o tecto da Capela Sistina no Vaticano, sendo por isso comissionado por Leão X. Neste período também trabalhou na reconstrução do interior da Igreja de São Lourenço, em Florença.

Entre os anos de 1534 e 1541, trabalhou na pintura O Juízo Final, na parede do altar da Capela Sistina. Em 1547, foi indicado como o arquitecto oficial da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

O Juízo Final, de Miguel Ângelo, fresco da Capela Sistina, 13,7 m x 12,2 m, 1534-1541

Morreu em 18 de Fevereiro de 1564, aos 88 anos de idade, na cidade de Roma. Até aos dias de hoje é considerado um dos mais talentosos artistas plásticos de todos os tempos, junto com outros de sua época como, por exemplo, Leonardo da Vinci, Rafael Sanzio, Donatello e Giotto di Bondone.

Bibliografia:

- Michelangelo Buonarroti [Em linha]. Disponível em: http://www.suapesquisa.com/michelangelo2/. [Acedido em 19/05/2011].

Uma resposta a Miguel Ângelo

  1. Lololo diz:

    Adorei fez-me muito jeito.
    Obrigada

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s