O SURREALISMO

Início: O surrealismo surge com o Manifesto do Surrealismo, de André Breton, publicado em 1924, em Paris.
Influências: É marcado pela influência do movimento Dada e pela doutrina psicanalítica de Freud.
Características:  
  • Influenciado pelo pensamento freudiano, o surrealismo valoriza a exploração do inconsciente e do subconsciente e recusa a racionalidade. Deste modo, os autores recriam, um mundo imaginário repleto de cenas grotescas e insólitas, de sonhos e de alucinações.
  • O surrealismo mantém a rebeldia e a contestação de toda a tradição, tal como já o tinham feito os dadaístas. Os surrealistas aproximaram-se dos movimentos políticos de esquerda e do comunismo e pretenderam partir da base sólida científica da psicanálise.
  • O surrealismo não foi apenas inovador na temática, mas também nas técnicas adotadas. Por exemplo, Max Ernst combinou frequentemente a colagem e a frottage (processo semelhante ao do passatempo infantil de esfregar um lápis num papel colocado sobre uma moeda).

Principais praticantes: Os seus principais representantes foram Picasso, Max Ernst, André Masson, Hans Arp, Joan Miró, René Magritte, Salvador Dalí, entre outros.

Esta vanguarda marcou as tendências artísticas ocidentais entre os anos 30 e os anos 60. Resistiu à 2.ª Guerra Mundial, sobrevivendo até 1966, data da morte de André Breton.

 

Miró, Mulher, Flor e Estrela (1934)

 

Esta entrada foi publicada em Materiais didáticos com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s