A Europa do pós-guerra: uma Europa dividida

A pedido de “várias famílias” a fim de evitar confusão, aqui ficam dois mapas da Europa dos anos anteriores e posteriores à Segunda Guerra Mundial.

O novo traçado político europeu foi objeto de minuciosas negociações que, no geral, ficaram concluídas em 1947 e foram exaradas nos tratados de paz de Paris.

As fronteiras dos países europeus foram alteradas. A Itália perdeu as possessões da margem oriental do Adriático, cedendo a península da Ístria à Jugoslávia e Rodes à Grécia. A Roménia cedeu a Bessarábia à Rússia, mas recuperou a Transilvânia (em poder da Hungria). A Bulgária perdeu o acesso ao mar Egeu. A URSS foi o país mais favorecido com a reestruturação de fronteiras: ganhou territórios à custa da Finlândia, dos países bálticos (Estónia, Letónia e Lituânia), da Checoslováquia, da Polónia e da Roménia. A URSS também ocupava a parte oriental da Alemanha e um setor de Berlim. A Polónia sofreu uma deslocação de 200 km para ocidente (cedeu parte da Bielorússia e da Ucrânia à Rússia, mas recebeu parte da Prússia, Dantzig, Silésia e Pomerânia da Alemanha). A Alemanha perdeu mais de 100 mil km2.

 A maioria dos regimes ditatoriais foi substituída por regimes democráticos e os países do Leste tornaram-se países satélites da URSS, isto é, controlados política e economicamente por Estaline.

Esta entrada foi publicada em Materiais didáticos com as etiquetas , , , . ligação permanente.

16 respostas a A Europa do pós-guerra: uma Europa dividida

  1. J.A. Dietrich Filho diz:

    Tinham que punir os nazistas e não o povo alemão. A Nação alemã não tinha nada a ver com as loucuras do Hitler e portanto punir o País tirando-lhe 100.000 m2 de território é uma injustiça que deve ser reparada. Silésia, Dantzig, etc – devem ser o quanto antes devolvidos ao povo alemão, sob pena de ficarmos por longos anos com um estopim que pode ser acendido a qualquer momento. Nada humilha tanto um povo do que isso e todos sabem que a II Guerra foi consequência exatamente disso – das amputações sofridas pela Alemanha, que criaram um terreno fértil para que surgisse um maluco como o Hitler.

    • Yasmin diz:

      O povo alemão sabia da maioria das loucuras que o Hitler fazia, como a perseguição aos judeus, e da mesma forma a maioria da população apoiava ele.

    • Caro sr, a nação alemã foi punida pois eles concordavam com os pensamentos de Hitler. E sem a contribuição da nação, Hitler nunca chegaria no poder.
      “A nação alemã está acima de todos e tudo, e a religião judaica só leva nossa nação para o buraco, por isso devemos dizima-los,por inteiro, de todo nosso país”

  2. Leticia diz:

    Amei o site,vou tirar uma nota boa no trabalho😉

  3. Lucas diz:

    hai Hitler …kkkkkkk

  4. guilherme costa de oliveira diz:

    Embora a Europa tenha uma novo mapa geopolitico, ainda não se fez muito dsd mudanças em relação aos paises do leste europeu, que por si parecem esquecidos, somente utilizado como intrumento nas duas segundas guerras.

  5. Mariana Kelly diz:

    O site pode até ser bom,contudo os textos(pelo menos esse que acabei de ler) são pequenos e apresentam poucas informações.

  6. Kelly diz:

    concordo com a mariana

  7. Tiagi diz:

    Não gostei muito pois não tem muita informação e por isso terei que ir a outros sites pesquisar

  8. Fátima Benfica dos Reis Alves das Neves diz:

    Me ajudou conhecer a nova divisão política da Europa Pós Guerra.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s