O início da Guerra Fria

Terminada a Segunda Guerra Mundial, o mundo continuou envolvido num ambiente de tensão entre as duas grandes potências, intervalado por curtos momentos de apaziguamento.

O primeiro momento de tensão, ainda em 1945, foi motivado pelo facto de Estaline não promover a realização de eleições verdadeiramente livres na Polónia e tentar impor um governo da sua confiança. Perante a tentativa dos EUA enviarem observadores internacionais, Estaline manifesta oposição sob o pretexto de intromissão na “dignidade polaca”. Churchill não tem qualquer problema em considerar que a ameaça soviética substitui o inimigo nazi e considera que deixou de haver condições para entendimento pacífico.

 As denúncias públicas da política estalinista de apoio à ascensão dos partidos comunistas ao poder, nos países colocados na esfera de influência soviética, continuaram em 1946, quando Churchill acusou a URSS de fazer descer sobre  a Europa uma cortina de ferro, de Stettin, no Báltico, até Trieste, no Adriático.

Em março de 1947, perante as pressões soviéticas sobre a Turquia e sobre a Grécia, o presidente Harry Truman não tem qualquer dúvida em afirmar a necessidade de adotar uma política de contenção do avanço comunista. Apela ao Ocidente para a luta contra o que considerou ser o totalitarismo soviético e comprometeu-se a prestar auxílio a todos os Estados cuja liberdade fosse ameaçada por forças externas. Era a doutrina Truman que institucionalizava os EUA como bastião das democracias ocidentais contra o avanço do socialismo soviético.

Pouco depois, em setembro de 1947, respondem os soviéticos com a doutrina Jdanov, que afirmava, sem qualquer reserva, a divisão do mundo em dois campos opostos: um “imperialista e antidemocrático” tutelado pelos EUA e outro “anti-imperialista e democrático”, tutelado pela URSS, e advogava o direito à extensão da influência comunista até ao centro da Europa pela transformação dos países vizinhos, libertados da dominação nazi por ação do Exército Vermelho, em satélites políticos da URSS.

Era o início da Guerra Fria, que até finais dos anos 80 do século passado, marcaria a consolidação de um mundo bipolar – o mundo capitalista e o mundo comunista.

Esta entrada foi publicada em Materiais didáticos com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s