Construção e queda do Muro de Berlim

(clicar na imagem para ampliar)

No meio do espaço de Leste, Berlim Ocidental sobrevivia como uma ilha capitalista dificilmente tolerável, quer pela URSS, quer pela RDA. De facto,  milhares de alemães abandonavam a RDA através de Berlim. Eram, sobretudo, quadros técnicos, jovens diplomados que se sentiam atraídos pelos salários altos e pelo consumismo da sociedade capitalista. Para acabar com esta situação que prejudicava tanto a economia como a imagem do socialismo, Kruchtchev, em 1958, propôs o fim da ocupação da cidade, daí em diante integrada na RDA ou neutra, sob controlo da ONU, e sem ligação com a RFA (os poderes soviéticos passariam para a RDA). A URSS ameaça também assinar um tratado de paz separado com a RDA, restituindo-lhe plenos poderes sobre Berlim Leste. Se os Ocidentais recorressem à força para assegurar as comunicações entre Berlim e a RFA, isso seria considerado um ataque ao Pacto de Varsóvia. Mas do Ocidente não havia intenção de fazer concessões relativamente aos direitos de ocupação e Kruchtchev acabou por aceitar fazer a primeira viagem de um dirigente soviético aos EUA. A situação pareceu acalmar com a marcação de uma cimeira em Paris, entre as quatro potências. Esta fracassou: Eisenhower recusava-se a apresentar desculpas públicas exigidas por Kruchtchev pelos dois aviões espiões norte-americanos (um piloto, batido sobre o território soviético, confessara que fotografava o sistema defensivo). De um novo encontro entre Kruchtchev e J. F. Kennedy, o novo presidente norte-americano, não saiu também qualquer acordo. Em 1961, a tensão subiu e Kruchtchev solucionou a questão com a construção do muro que fecha o setor oriental de Berlim, acabando com a liberdade de movimentos.

Ler mais em http://super.abril.com.br/multimidia/muro-berlim/muro-de-berlim-ah-76.swf

Esta entrada foi publicada em Materiais didáticos com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Construção e queda do Muro de Berlim

  1. Fadrini diz:

    gostei do infográfico Natércia Miranda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s