Luís XVI de França

Trabalho realizado pela aluna Beatriz Vieira do 11.º G, com a orientação do prof. José João Sousa, no âmbito da disciplina de História A – Módulo 5 – Unidade 2.

Luís XVI de França (1754-1793)

Luís XVI nasceu em Versalhes e era neto de Luís XV e de Maria Josefa da Saxónia. Com a morte do seu avô, tornou-se rei de França entre 1774 e 1792, uma vez que era o único herdeiro do trono. Casou em 1770 com a arquiduquesa austríaca Maria Antonieta de Habsburgo, que era filha da imperatriz Maria Teresa da Áustria.

Em 1774, Luís XVI assumiu o trono e era conhecido como um rei de carácter fraco, uma vez que apenas usava o poder que possuía para satisfazer o Parlamento. Era dominado pela aristocracia, o que levou o reino quase à beira da falência.

Em 1788, a produção de alimentos baixou, devido a condições climáticas. Consequentemente, os preços aumentaram assim como a fome, provocando mais descontentamento entre a população. Pediu auxílio ao ministro Turgot, incumbindo-o de arranjar uma solução para resolver a crise em que se vivia na altura. Mas Turgot sofreu uma forte oposição por parte das ordens privilegiadas e acaba por se demitir. É substituído por Necker, que convenceu o rei a convocar os Estados Gerais que se reuniram em Maio de 1789, em Versalhes. O desejo inicial era fazer com que todas as ordens pagassem impostos, mas o clero e a nobreza recusavam-se e usavam a estratégia do voto por ordem, e não por cabeça, para manterem os seus privilégios. Perante este impasse, Luís XVI decidiu pôr fim aos Estados Gerais. Os representantes do Terceiro Estado, insatisfeitos, decidiram reunir-se à parte, reunião conhecida como “Juramento da Sala do Jogo da Péla”, criando a Assembleia Nacional Constituinte (a esta caberiam, de futuro, todas as decisões que o monarca deveria executar).

Perante a criação da Assembleia Nacional Constituinte e a recusa do rei em aprovar a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, a população parisiense (liderada pelos burgueses) invadiu Versalhes e capturou a família real que tentava fugir do país. Luís XVI tencionava fugir do Palácio das Tulherias, em 1791, para comandar a contra-revolução a partir do exterior, onde contava com muitos apoios. Porém foi detido em Varennes e condenado à morte na guilhotina a 21 de Janeiro de 1793. Com a execução do rei, mais de um milénio de história monárquica chegou ao fim. Abria-se o caminho ao povo e à república…

Execução de Luís XVI na Place de La Révolution, em Paris

Bibliografia:

– Luís Augusto de Bourbon, duque de Berry, o Luís XVI [em linha]. Disponível em: http://www.netsaber.com.br/biografias/ver_biografia_c_3460.html. [Acedido em 05/02/2011].

24 respostas a Luís XVI de França

  1. Luisa diz:

    Parabéns, muuito bom ! Adoorei o site *-*

  2. Marcella diz:

    Ñ entendi o final + td bem!

  3. fernanda diz:

    tudo o q eu precisei estava “aí'”muito obrigado s2

  4. Vitória Nicassia diz:

    Adorei! ótimo.

  5. Lucas diz:

    Muito bom mesmo !

  6. kauany diz:

    amei tudo que precisava tava aí valeu flor…

  7. bianca diz:

    valeu ajudou mtu com meu trabalho parabens!!!!!!!!!!!!!!

  8. matheus henrique diz:

    muito bem resumido parabéns

  9. andriws gustavo diz:

    Valeu agora meu trabalho ta completo!!!!!!!

  10. Mariana diz:

    Amei ajudou d+ … era o “empurrãozinho” que eu precisava. Vlw😀

  11. Adriano diz:

    Simples e claro, tudo que precisava!

  12. Quem asumio o poder após a execução do rei Luiz XVI ??????

    • Me responda pfvr.Mais fora isso o site ta perfo 👌 🎉parapatabens

      • 1793 – Fim da monarquia com a execução de Luís XVI;
        1793 -1794 – Fase mais radical e violenta da Revolução Francesa (instituição do Terror);
        Outubro de 1793 – A Convenção decreta o governo revolucionário até à paz;
        Julho de 1794 – Execução de Robespierre;
        1795 -1799 – Estabelecimento do Directório;
        1799 – O golpe de Estado (18 de Brumário – 09/11/1799) de Napoleão Bonaparte acabou com o Directório, dando início à etapa do Consulado (1799-1804). Em 1799 uma nova Constituição entregou o poder a Napoleão, que exercia o cargo de primeiro-cônsul;
        1802 – Consulado vitalício;
        1804-1815 – Império Napoleónico.

    • Flavinha diz:

      Quem asumiu o poder foi alguem!kkkkkkkkkkkk

  13. Thaisa Gomes diz:

    Obrigada este site me ajudou no meu trabalho😀

  14. ketheleen diz:

    muito obrigada vc me ajudou a resumi um texto gigante,prabens

  15. Flavinha diz:

    Legal ajudou bastante no meu trabalho de historia, parabens o conteudo ta mt bom!!

  16. gisele vaz flores diz:

    muito bom mesmo

  17. fernanda diz:

    tomara q seja a resposta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s