Os bandeirantes

Trabalho realizado pela aluna Sara Veríssimo do 11.º G, com a orientação do prof. José João Sousa, no âmbito da disciplina de História A – Módulo 4 – Unidade 3.

Representação de um acampamento de bandeirantes

No período colonial, logo após a chegada dos Portugueses, o Brasil, ainda Terra de Vera Cruz e depois Terra de Santa Cruz, era limitado pelo Tratado de Tordesilhas, uma linha imaginária que passava a 370 léguas a oeste do arquipélago de Cabo Verde e que dividia o continente americano entre Portugueses e Espanhóis. Todas as terras “descobertas” que estavam a leste desta linha eram posse de Portugal, e o que estava a oeste era domínio espanhol.

Os Portugueses começaram a ocupar o território cerca de 1535, após a divisão das capitanias hereditárias em 1534, mas essa ocupação ocorreu de forma mais consistente apenas no litoral. O interior, além de desconhecido, era uma grande mata fechada apinhada de nativos que muitas vezes não eram amistosos com os Portugueses.
Algumas pequenas vilas foram fundadas ao longo do século XVI, e muitas hoje são grandes cidades. Salvador, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo são alguns exemplos. E foi de São Vicente e São Paulo – na época pequenas vilas pertencentes à capitania de São Vicente – que partiram os principais desbravadores do que viria a ser o território brasileiro. Apelidando-os de bandeirantes, as suas expedições aumentaram consideravelmente o espaço geográfico do Brasil. Pensa-se que o termo bandeirantes se deve ao facto das expedições serem sempre conduzidas por uma bandeira com as insígnias representativas do chefe da expedição.

Os bandeirantes eram aventureiros que, financiados pela Coroa portuguesa, exploraram o território brasileiro. A principal motivação para a Coroa apoiar estas expedições era financeira. As entradas e bandeiras, nomes pelos quais ficaram conhecidas estas expedições, partiam do litoral paulista – principalmente da vila de São Vicente – rumo ao interior. Além dos exploradores patrocinados pela Coroa, existiam também os bandeirantes que, de forma independente, entravam pelas selvas, em geral seguindo o curso dos rios ou as trilhas dos índios.

E como o Brasil era um grande espaço de terra povoado apenas por nativos que, segundo os Portugueses, não tinham direitos sobre as terras, muitos espaços foram ocupados durante as expedições, e esta ocupação foi acontecendo de forma gradual.
Nos caminhos por onde passavam os bandeirantes eram fundadas vilas que, com o tempo, cresciam ao receber novos moradores em busca de novas terras. Estes moradores, longe das facilidades das vilas mais antigas, atraíam comerciantes itinerantes que também ajudavam a aumentar o comércio interno da colónia, formando assim uma espécie de ciclo populacional que ajudava no aumento destas pequenas vilas.

Quanto à cedência das terras, elas eram controladas pelos capitães-donatários ou pelos responsáveis directos pela capitania no sistema de doação de sesmarias, que durou até à época imperial.

Muitas bandeiras fracassaram por causa da fome, das doenças e dos ataques dos índios. As que tiveram sucesso conseguiram ampliar o território colonial brasileiro. A esses bandeirantes se devem, pois, os contornos aproximados do Brasil actual.

Bibliografia:

– CABRAL, Vinicius. E se não existissem os bandeirantes? [em linha]. 30/09/2010. Disponível em: http://www.historiazine.com/2010/09/e-se-nao-existissem-os-bandeirantes.html. [Acedido em 18/11/2010].

– TRINDADE, Renato. Dia dos Bandeirantes [em linha]. Disponível em: http://www.quiosqueazul.com.br/2008/11/dia-dos-bandeirantes.html. [Acedido em 18/11/2010].

– Bandeirantes – Entradas e Bandeiras [em linha]. Disponível em: http://www.tg3.com.br/bandeirantes/. [Acedido em 18/11/2010].

2 respostas a Os bandeirantes

  1. Juan Souza diz:

    Muito Interessante o Texto Tem muitas coisas que eu não sabia

  2. Daniela Silva diz:

    Tudo que já estudei dos bandeirantes, a mais engraçada foi à história do fogo na aguardente contribuída ao Português Bartolomeu Bueno da Silva (Anhanguera) diabo velho
    Os Índios ficaram com medo e mostraram as minas de ouro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s